BoosterAgro Blog

Categoria:

Pluviômetro digital ou convencional: qual escolher?

pluviometro digital agrosmart

Entenda quais são as principais diferenças entre um pluviômetro digital e um convencional e saiba qual deles atende melhor as necessidades da sua lavoura

Quem é agricultor sabe a importância do registro do volume e distribuição de chuvas na lavoura ao longo do ano.

Isso porque, essa variável é muito importante no planejamento de atividades como plantio, aplicação de defensivos, adubação, manejo da irrigação, colheita etc.

A fim de medir o volume de chuvas na lavoura, muitos produtores utilizam pluviômetros convencionais. Porém, ele pode demandar muito tempo, além de ser pouco eficiente e gerar mais erros.

Em contrapartida, há no mercado pluviômetros digitais, que além de serem automáticos, são mais precisos.

Quer entender as principais diferenças entre um pluviômetro digital e um convencional? Então, continue a leitura.

O que um pluviômetro faz? 

Diante da importância da precipitação na lavoura, fica nítida a necessidade do monitoramento constante dessa variável, o que pode ser feito a partir de um pluviômetro.

O pluviômetro é um aparelho meteorológico usado para coletar e medir o volume de chuvas em determinada área durante um período de tempo.

É possível encontrá-los em diferentes modelos, desde versões simples de leitura de dados manual, até modelos automatizados.

Qual a diferença entre um pluviômetro convencional e um pluviômetro digital?

Entre os pluviômetros convencionais, o mais comum é o Ville de Paris. Basicamente, ele armazena a chuva e, com o auxílio de uma proveta, mede o volume captado no dia.

Pluviômetro Ville de Paris | rede de postos do Instituto das Águas do Paraná
(Fonte: Correa, 2013)

Entre os pluviômetros automáticos o mais comum é o de báscula.

Ao acumular um certo volume de água, o mecanismo basculante tomba para o lado, despeja a água coletada e emite um pulso eletrônico que é registrado.

Assim, a principal diferença entre um pluviômetro automático digital e um convencional é que, no caso do pluviômetro convencional, a coleta de dados é realizada diariamente de forma manual.

Já no digital, essa coleta e armazenamento dos dados de chuva é totalmente automática.

Pluviômetro convencional e Pluviômetro digital: vantagens e desvantagens

As principais vantagens de um pluviômetro convencional é o seu custo inicial inferior e a necessidade de pouca manutenção.

No entanto, esse aparelho soma muitas desvantagens, como, por exemplo:

  • É preciso se deslocar até o local para coletar e registrar os dados de chuva;
  • A eficiência operacional é baixa, pois é preciso que sempre haja um funcionário lendo os dados, o que representa custos de deslocamento até a área (combustível) e mão de obra;
  • É comum haver perdas de dados e dias ficarem sem nenhum registro;
  • Tem mais falhas humanas no registro dos dados;
  • Há um limite de capacidade que esse pluviômetro consegue armazenar de chuva (geralmente 125 mm).

Já o pluviômetro digital automático, apesar de ter um custo inicial um pouco mais elevado (se comparado ao convencional) e necessitar de um maior cuidado na manutenção, soma diversas vantagens:

  • A longo prazo o seu custo é menor;
  • Consegue gerar dados em tempo real;
  • Gera um histórico de registro de chuvas;
  • Tem maior precisão e capacidade de registro;
  • E o registro de dados é automático, ou seja, não é preciso que um funcionário se desloque diariamente até o pluviômetro, o que traz economia de tempo e eficiência operacional.

Benefícios de um pluviômetro digital na lavoura

Apesar da importância do monitoramento das chuvas na lavoura, muitos agricultores brasileiros não fazem esse tipo de acompanhamento. E, quando fazem, ele não é de forma automática.

Ou seja, ainda há produtores que utilizam pluviômetros convencionais em suas fazendas.

O grande problema é que é preciso que um funcionário vá, diariamente, a cada um desses pluviômetros para ler e anotar os dados de chuva para depois transcrevê-lo para uma planilha.

Isso além de tomar tempo e ser uma tarefa com baixo rendimento, ainda pode gerar erros.

Assim, uma saída para evitar tudo isso é usar pluviômetros digitais automáticos na lavoura.

pluviometro digital agrosmart
Pluviômetro digital automático da Agrosmart

5 benefícios de um pluviômetro digital

  • Realiza o registro de chuvas em tempo real, o que possibilita a tomada de decisões mesmo à distância, a respeito das atividades que devem ser realizadas na fazenda;
  • Gera um histórico de chuvas, o que torna possível avaliar: quais são os períodos de maior e menor ocorrência de precipitações; o acúmulo de chuvas na safra; os períodos mais susceptíveis à seca e chuvas excessivas; se as chuvas na safra estão dentro do padrão ou não etc;
  • Fornece informações para a tomada de decisões, pois, com o registro e histórico de chuvas é possível fazer o planejamento de manejos da lavoura com maior segurança;
  • No caso de haver vários pluviômetros na fazenda, é possível reunir as informações e gerar um mapa de distribuição das chuvas a fim de analisar, por exemplo: em quais áreas houve mais chuvas; qual a duração média das chuvas; os horários mais comuns etc. Assim, é possível monitorar quais áreas precisam de mais irrigação (ou menos) e quais precisam de maiores cuidados fitossanitários ao longo da safra;
  • Além disso, não é preciso internet (3G, 4G, 5G ou Wi-Fi) na lavoura para que um pluviômetro digital automático funcione e envie os dados para uma plataforma. Isso porque, já existem no mercado modelos com conectividade via satélite que podem ser instalados em qualquer lugar, como é o caso dos pluviômetros digitais da Agrosmart.

Vale destacar que, os dados são enviados para uma plataforma digital, onde são armazenados e podem ser acessados a qualquer momento, de qualquer lugar.

Conclusão

Em resumo, diante da necessidade de monitorar as chuvas ao longo da safra, fica nítida a importância do uso de um pluviômetro na lavoura.

No entanto, ao investir em um equipamento, é preciso levar em conta suas vantagens, desvantagens e benefícios.

No caso do pluviômetro, ao comparar o convencional com o digital, o digital soma mais benefícios e vantagens.

Isso porque, como a coleta e o registro dos dados é automático, isso se reflete, por exemplo, em maior precisão dos dados registrados, economia de tempo dos trabalhadores da fazenda e mais informações acessíveis para tomar melhores decisões de manejo ao longo da safra.

Baixe o app da BoosterAgro e monitore as condições do tempo na sua lavoura
Baixe o app da Booster e monitore as condições do tempo na sua lavoura

Compartilhe nas redes sociais!

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Conteúdos relacionados

Simplifique seu dia a dia no campo com nosso app!
Posts recentes

Quer receber os conteúdos por Whatsapp?